DE MALAS PRONTAS: Bares no Rio de Janeiro

18 abr
2016
  De Malas Prontaspor   

Olá!

O Rio e seus Bares renderia várias páginas de postagem, mas escolhi estes, que com certeza já vão abrir o apetite e a vontade de conhecer e descobrir outros lugares incríveis na Cidade Maravilhosa. Tim Tim!!!

 Lagoon1

Lagoon: Garanta sua mesa na varanda e disfrute da bela vista da Lagoa Rodrigo de Freitas, também conhecida pelo seu formato como coração do Rio. Os restaurantes dividem o menu e cada pessoa da mesa pode escolher de um lugar diferente. Vale lembrar que no mesmo local também dispõe de cinema, parquinho e uma casa de shows.

image

Azul Marinho: O mais charmoso lugar para assistir o pôr do Sol no Rio de Janeiro. Tome uma caipirinha e disfrute da bela vista do Arpoador, da Praia de Ipanema e do Morro dos Dois Irmãos. Ah, ali bem pertinho Tom Jobim está imortalizado em uma estátua em tamanho natural, vale a foto!

rio-de-janeiro-dicas-guia-ffw-isabela-capeto-jobi

Jobi: Aberto em 1956, este típico bar carioca retrata o estilo de vida dos moradores. Como ele fica no badalado Baixo Leblon, está sempre cheio, inclusive a calçada em frente fica lotada. Recomendo um chopinho gelado, empadinha de camarão e se quiser almoçar, se delicie com o bacalhau a Lagareiro ou prove o sanduiche de filé com queijo.

DSC05784

Bar Urca: Cerveja geladíssima, uma porção de bolinho de camarão ou empada já seria uma delícia, mas ainda pode ficar melhor se você adiciona a este menu a bela paisagem da Baia de Guanabara, que você pode admirar, sentado na famosa mureta que fica em frente ao Bar Urca. Quem for visitar o Pão de Açúcar, é uma boa dica aproveitar a visita e dar uma passadinha por lá. Fica pertinho!

image

Bar do Oswaldo: Situado no Largo da Barrinha – Barra da Tijuca, este velho conhecido está aberto desde 1946. Famoso pelas batidas, tem como carro chefe a famosa batida de coco. Disfrute destas delicias e aprecie o visual da Pedra da Gávea, que fica ali pertinho!

DSCN3009

Bar Brasil: Este centenário, inaugurado em 1907, fica situado na Lapa. Apesar do nome, serve comida alemã, que harmoniza muito bem com o chopinho gelado. O piso, o grande refrigerador de madeira e o barril de chope de bronze, ajudam a manter a atmosfera antiga deste prédio que é Patrimônio Cultural Carioca.

Até a próxima! Vá de guia!

colunistakeley

 

 

DE MALAS PRONTAS: Rio e suas Igrejas

01 mar
2016
  De Malas Prontaspor   

Olá pessoal! As igrejas do Rio de Janeiro reúnem história e beleza. Andar pelo centro da cidade e adjacências, é reviver um pouco da história, estampada nos edifícios, museus e igrejas… É voltar no tempo!!! Para isso, te convido a este passeio.

Outeiro da Glória: Preserva azulejos atribuídos ao mestre ceramista Valentim de Almeida, o altar também é original e uma arca do século 18. Anexo está o Museu de Arte Sacra (valor R$2,00). Recomendo acessar a igreja pelo elevador que sobe em um plano inclinado situado na Rua do Russel e descer pela Ladeira da Glória. Aproveite para tirar lindas fotos do Aterro do Flamengo e da Marina da Glória.

Horário de funcionamento:
2ª a 6ª das 9h às 12h e das 13h às 17h, sábado e domingo das 9h às 12h

Nas segundas feiras o museu e o elevador fecham.

Outeiro da Glória

Outeiro da Glória

Igreja de São Francisco da Penitência: A simplicidade da fachada esconde o esplendor da Igreja, considerada a joia do barroco brasileiro, concluída em 1772, são inúmeros detalhes barrocos, boa parte entalhados em cedro por Francisco Xavier de Brito (mestre de Aleijadinho) e revestida com folhas de ouro.

No altar principal, as imagens de São Francisco de Assis e do Cristo Seráfico parecem mover-se. Imponente, impressiona pelos altares dourados e pela riqueza de detalhes, do piso ao teto. Preste atenção, o forro tem pintura ilusionista: a sensação é de que os anjos estão descendo em direção às cadeiras. Anexo tem um Museu de Arte Sacra. (valor R$5,00)

Fica situada no Largo da Carioca, no Centro, entre no pátio e siga pelo corredor até o elevador, que dá acesso também à Igreja e Convento de Santo Antônio, aproveite e faça também uma visita. Tire lindas fotos do Largo da carioca e do contraste das construções modernas com as antigas.

Horário de funcionamento: De terça a sexta-feira, das 9h às 12:00 e das 13 às 16h.

São Francisco da Penitência

São Francisco da Penitência

Igreja da Candelária: A Igreja da Candelária, pode ser considerada a mais imponente e grandiosa igreja do Rio de Janeiro, não somente por suas proporções, mas também por seu acabamento e grandiosa cúpula. Sua história é também interessante, advinda de uma promessa em meio à uma tempestade, e que está retratada no teto da igreja. A construção foi iniciada em 1775, século 18 e somente terminada nos últimos anos do século 19.

Horário de funcionamento:
2ª a 6ª das 7h30 às 15:50h, sábado das 9h às 12h e domingo das 9h às 13h

Candelária

Candelária

Nossa Senhora do Carmo da Antiga Sé: A preferida do império. Nesta igreja, ocorreu a sagração de Dom João VI como rei de Portugal, e de Dom Pedro I e Dom Pedro II como imperadores do Brasil. Você também pode conhecer o Museu e Sítio Arqueológico onde estão resquícios de uma capela do século 16 e também a cripta com a guarda de cinzas de Pedro Álvares Cabral e do Cardeal Arco Verde.

Horário de funcionamento:
2ª a 6ª das 7:30h às 16:30h, sábado das 9:00 às 12:30h e domingo das 8:30h às 12:30h.

Nossa Senhora do Carmo da Antiga Sé

Nossa Senhora do Carmo da Antiga Sé

Igreja Nossa Senhora de Montserrat: A Igreja Nossa Senhora de Montserrat é anexa ao mosteiro de São Bento. Repare nos detalhes da fachada, dos alpendres de telhado mouro e do portão de ferro art nouveau, colocado em 1880 após o original ter sido destruído por corsários franceses. O interior tem altares de jacarandá cobertos por ouro. A igreja recentemente passou por um restauro, vale muito a pena a visita!!! Aos domingos, às 10h, há missas com canto gregoriano.

Horário de funcionamento:
7h às 18h

Igreja Nossa Senhora de Montserrat

Igreja Nossa Senhora de Montserrat

Catedral De São Sebastião: Moderna, tem formato de cone; o altar fica no meio, sob a imagem de Jesus Cristo. No subsolo, o Museu de Arte Sacra guarda relíquias como a Rosa de Ouro doada pelo papa Leão XIII à princesa Isabel.

Horário de funcionamento:
7h às 17h

Além destes tesouros apresentados acima, existem outros mais, se desejam informações adicionais, entrem em contato através dos canais de comunicação. Até breve e vá de guia!!!

keley

DE MALAS PRONTAS: praias da Zona Oeste do Rio de Janeiro

18 jan
2016
  De Malas Prontaspor   

É verão!!! Rio 50°!!! Lugar para se refrescar é que não falta na Cidade Maravilhosa. Apesar de todo glamour, charme e badalação das praias da Zona Sul (Ipanema, Leblon e Copacabana), vou falar um pouco sobre as igualmente maravilhosas e imperdíveis praias da Zona Oeste. São 27 km de orla e em função da dificuldade do acesso por transporte público, muitas delas permanecem preservadas. Na Barra da Tijuca, você pode encontrar ‘agito’ na Praia do Pepê (altura do Posto 2) ou optar pela Praia da Reserva, que fica depois do Posto 8 e é uma área de preservação ambiental, sendo possível um passeio a pé ou de bicicleta pela Reserva de Marapendi. Nestas praias, indico os seguintes quiosques: Pepê, K8, Oceânico, Aloha, Pesqueiro e Cavalo Marinho.

Logo depois da Barra da Tijuca, tem o Bairro do Recreio dos Bandeirantes, aí vai um destaque para a Praia da Macumba, que fica logo depois da Pedra do Pontal e que foi cantada por Tim Maia (…do Leme ao Pontal…). Esta praia é muito frequentada por surfistas. E não deixe de dar uma passada no Quiosque do Rico e se quiser acampar, este é o lugar, tem um camping bem em frente à praia.

Praia da Macumba Ph/IG: @treckerfriends

Praia da Macumba Ph/IG: @treckerfriends

Na sequência tem Prainha e Grumari, dois paraísos que têm seus acessos restritos nos fins de semana e feriados. Vá bem cedo!!! São poucas vagas para estacionar. A caminho da Prainha, não deixe de passar pelo Mirante do Roncador,  lá tem uma vista maravilhosa das praias que mencionamos anteriormente. Em dias de sol, é possível avistar a Pedra da Gávea (Maciço da Tijuca).

Prainha Ph: @treckerfriends

Prainha Ph: @treckerfriends

A Prainha são 600 metros de orla, água cristalina, situada bem em frente à entrada do Parque Natural Municipal da Prainha. Para os que são aventureiros, dentro do parque existe uma trilha de nível fácil/moderado que dura aproximadamente 30 minutos até chegar ao Mirante do Caeté onde o visual é compensador. Esta praia recebeu a Bandeira Azul, um selo internacional por cumprir 33 exigências. Apesar de pequena, tem boa estrutura para receber turistas. São dois quiosques e um restaurante, no interior do parque há chuveiros e banheiros.

 

 

 

 

 

Grumari Ph/IG: @treckerfriends

Grumari Ph/IG: @treckerfriends

Mirante do Caeté Ph/IG: @kscsouza

Mirante do Caeté Ph/IG: @kscsouza

Grumari é igualmente linda, fica logo depois da Prainha. O visual que se tem do caminho já sinaliza o paraíso que iremos encontrar. Mar e montanha em perfeita integração. Aí eu recomendo o Quiosque do Alemão.

Bem amigos, vou ficando por aqui! Excelente verão para todos! Vá de guia!

keley

DE MALAS PRONTAS: Rio e suas Praças – Praça Mauá

30 nov
2015
  De Malas Prontaspor   

Olá pessoal!

Motivada pela recente reinauguração, quero falar um pouco deste ícone carioca que após 4 anos fechada, surgiu esplendorosa!!! “ O Rio e suas Praças – Praça Mauá”. O homenageado é Irineu Evangelista de Souza, o Visconde de Mauá, que teve papel importante na industrialização do Brasil no período imperial, a estátua é obra do escultor Rodolfo Bernardelli.

Aproveite para tirar uma foto na placa de alumínio aí instalada #cidadeolimpica.

image

Outro destaque, é a arquitetura do local: Palacete Dom São João VI (integrado ao Museu Mar Séc. XIX), Edifício a Noite (onde funcionou a Rádio Nacional e foi um marco arquitetônico do Rio – Séc. XX) e o RB1 (Edifício empresarial moderno e sofisticado – Séc. XXI). É de fato um privilégio enquadrar em uma só foto 3 séculos de história.

Museu RB1 e A Noite

Museu RB1 e A Noite

Não deixe de visitar o Museu Mar, tomar um café no Cristóvão Café e Bistrô que fica no térreo ou almoçar no Mauá que fica na cobertura do Museu, de onde se tem uma vista privilegiada da praça e da Baia de Guanabara.

Museu MAR

Museu MAR

Vale uma visita ao Pier Mauá, cujos armazéns centenários foram restaurados e servem de espaço para diversas atividades culturais. Para fechar com chave de ouro o Museu do Amanhã, com inauguração prevista para dezembro/15, projeto do espanhol Santiago Calatrava.

image

Museu do Amanhã

Praça Mauá: passado e futuro perfeitamente integrados, espaço recheado de arte, cultura e história. Imperdível!!!

Beijos e vá de guia!

keley

DE MALAS PRONTAS: Rio e suas montanhas

29 out
2015
  De Malas Prontaspor   

Olá!

Dando sequência a nossa série especial sobre o Rio de Janeiro, falarei um pouco sobre o RIO E SUAS MONTANHAS*. Seguramente a composição MAR, MONTANHA E CÉU AZUL, é um cenário perfeito e uma das principais atrações da “Cidade Maravilhosa”.

Emoldurada pelos maciços da Tijuca e da Pedra Branca, é tarefa difícil dar destaque a uma montanha especificamente, mas vamos lá! Darei destaque a algumas que se tornaram cartão postal da cidade.

A Pedra da Gávea (842 m) se destaca sobretudo pelo seu formato peculiar e a Pedra Bonita (696 m) que fica vizinha e abriga uma rampa de voo livre, ambas situadas no Maciço da Tijuca, são convite para a prática de diversas atividades de aventura (trilha, escalada, rapel e voo livre). Desde os cumes, se pode contemplar a cidade por um ângulo privilegiado e um visual compensador.

10358880_1522390541351326_7234709639228120712_n

Pedra da Gávea

10541962_1521914901398890_8551696952931673024_n

Pedra da Gávea

Crisma 019

Pedra Bonita

 

No Maciço da Pedra Branca, darei destaque ao ponto culminante da cidade, que é o Pico da Pedra Branca (1024 m) e também pode ser acessado por trilha.

Não poderia deixar de mencionar o Morro dos Dois Irmãos (533 m) que compõe o lindo visual da Zona Sul do Rio, cujo acesso pode ser feito por trilha pela Favela do Vidigal.

foto (22) (1)

É muito importante ressaltar, que as atividades de aventura sempre devem ser acompanhadas de um guia e ou profissional habilitado/certificado para a prática das mesmas. Estou sempre à disposição para o esclarecimento de dúvidas através dos canais de comunicação abaixo.

Vá de guia e até a próxima!

*Apesar de assim chamá-las, esclareço que tecnicamente não existem montanhas no Brasil, já que não existem limites convergentes de placas tectônicas.

keley

DE MALAS PRONTAS: Rio de Janeiro e seus monumentos

22 set
2015
  De Malas Prontaspor   

Olá pessoal!

Quanto privilégio poder compartilhar com vocês um pouquinho sobre a “Cidade Maravilhosa”, que neste ano completa 450 anos e se prepara para receber as Olimpíadas em 2016.

Cada mês abordaremos um aspecto importante da cidade e para começar: O RIO E SEUS MONUMENTOS. Escolhi os dois principais e mais visitados.

7 - foto-galeria-materia-620-91

O Cristo Redentor, uma das sete maravilhas do mundo moderno, o nono monumento mais visitado do mundo. Está situado no Morro do Corcovado na Floresta da Tijuca. Tem 30 metros de altura e mais oito do pedestal. O visual é espetacular! No pedestal do monumento, existe uma pequena capela, consagrada a Nossa Senhora da Aparecida que pode ser visitada.

5 - foto 1 (16)

Existem duas possibilidades de visitação (trem e van), a que sempre recomendo é pelo Trem do Corcovado, cujo ingresso pode e deve ser comprado via internet com dia e hora marcados, evitando filas. http://www.corcovado.com.br/

Subindo de trem, a diversão já começa desde o início da viagem, pois se pode contemplar a Floresta da Tijuca e um pequeno aperitivo da paisagem que se verá desde o Cristo.  O mesmo trem é utilizado por pessoas que moram ao longo do seu percurso e nas paradas vendem água por um preço bem mais justo do que lá em cima. Aproveitem para comprar! Estacionar no local é uma tarefa difícil, recomendo ir de táxi ou transporte público.

4 - 11990649_10204464818572065_3690478495926543714_n

Para finalizar, falarei a seguir do segundo monumento mais visitado do Rio, o Pão de Açúcar. O bondinho foi inaugurado em 1912, sendo o primeiro teleférico do Brasil e o terceiro do mundo.  O embarque é feito no Morro da Babilônia sendo que a primeira parada é no Morro da Urca (220 metros) e a segunda no Morro do Pão de Açúcar (396 metros).

2 - 11947439_10204464820372110_1945364300504514775_n

Se pode acessar o Morro da Urca por trilha, é uma aventura interessante que deve ser acompanhada por um guia de turismo especializado. O pôr do sol é incrível, só não esqueça de comprar ingresso para retornar de bondinho. Não deixe de comprar os ingressos via internet para evitar as filas. http://www.bondinho.com.br/

Nos vemos no próximo mês. Qualquer dúvida estou à disposição nos canais de comunicação abaixo. Não se esqueça: vá de guia!

keley