Vinho do fim de semana

29 ago
2015
  Dicas, Gastronomiapor   

Herdade do Peso Vinha do Monte Red 2011_Stylish

Bom dia sabadão!

E ai pessoas, ainda não escolheram o vinho para degustar neste fim de semana? Está aqui a minha dica: o vinho Português ‘Vinha do Monte, 2011’, da Vinícola Herdade do Peso. Simplesmente um rótulo encantador, leve, delicioso. Tive a oportunidade de conhecer este vinho no restaurante Irajá no bairro de Botafogo, Rio de Janeiro. Escolhi pelo custo e acertei na escolha. Geralmente quando pego a carta de vinhos de qualquer restaurante passo o olho nos rótulos das uvas Pinot Noir e depois corro para os Portugueses. Sempre são ótimas escolhas. O ano depende muito também. Quanto mais velho, melhor! É uma boa regra para ajudar na escolha.

Média de preço na carta de vinhos: R$89

Beijos,

Lara

Auxiliares para tempero caseiro

28 ago
2015
  Comida de Casa, Dicas, Gastronomia, Tarefa Dona de Casapor   

Bom dia pessoas…

temperos1

Amo temperar. Acho a parte mais desafiadora do ato de cozinhar. Afinal, sem um bom tempero, a comida fica sem gosto e não realça o melhor molho ou acompanhamento que tenha o prato. Então, existem temperos para uma boa comida, que não podem faltar!

-Limão

-Alho

-Sal

-Pimentas do Reino

-Orégano

-Cebolinha

-Coentro

Pronto, com essa listinha sempre disponível, seu dia a dia na cozinha fica bem mais saboroso. Muita gente costuma dizer que se perde na receita quando diz ‘a gosto’. Gente, essa dosagem de sal e dos outros temperos é sempre pessoal mesmo e só aprende errando. Cansei de preparar pratos aqui e no final precisar retocar com sal porque ficou sem gosto. Ai no seguinte você já sabe que pode colocar um pouco mais.

Dica: dose sempre a quantidade de sal com a mesma colher e com o auxílio de um pincel de silicone espalhe aquele sal ou tempero de maneira uniforme! O resultado é outro…

Existem também as ervas. Durante minhas pesquisas encontrei uma tabelinha bem bacana, vejam:

ervas

Sobre os temperos verdes, está aqui quem é quem:

temperoverde

 

Espero que tenham gostado dessas orientações. Lembrando que qualquer dúvida é só mandar um email para contato@casacasada.com.br ou comenta aqui que vou responder com o maior carinho!

Beijos,

Lara

Tipos de carne com indicações de pratos

27 ago
2015
  Comida de Casa, Gastronomia, Na Cozinha, Tarefa Dona de Casapor   

Bom dia pessoal…

O post de hoje foi um pedido de uma seguidora querida no SnapChat, minha amiga fotógrafa, Widja Soares. Ela desesperada gravou um Snap na cozinha me pedindo para escrever sobre os tipos de carne X pratos indicados. Pronto amiga, seu pedido é uma ordem e aposto que vai ajudar muita gente. Eu também fico na dúvida. Essa lista deve ser salva no bloco de notas do celular… (risos)

carne2

Patinho

Essa carne é magra e dura. Indicada para moer e usar em recheios de tortas e preparo de quibes e almondegas, por exemplo. Também pode ser usada em guisados. Uso muito para a comidinha do baby Caio e já peço moída mesmo.

Alcatra
Essa tem o corte macio, magro e bem hidratado. Indico para preparos rápidos como bifes ou em picadinhos.

Coxão duro
Como o próprio nome já diz, é dura, porém, muito boa para ser saboreada moída e preparada como hambúrguer. Também é indicada para receitas com longo tempo de cozimento. Ótima para ser desfiada e usada em recheio de sanduíches.

Contrafilé
Carne extremamente saborosa, com gordura entremeada. É ótima para preparos rápidos como bifes na chapa ou salteados.

Maminha
Funciona para dois estilos. Seu cozimento deve ser rápido (mal passada) ou muito longo, tanto no forno, quanto na panela.

Lagarto
Carne magra, dura e pouco hidratada. É muito usada para rosbifes, porém só funciona bem se for fatiada fina. Ela é perfeita para ser cozida na panela de pressão com molho.

Filé-Mignon
Carne magra e muito macia. Indicada para preparos rápidos, como bifes na chapa, picadinhos, estrogonofe e rosbife. Por ser muito magra, tem sabor suave. Logo fica melhor se servida ou preparada com um molho ou no tradicional ‘bife acebolado’.

Músculo
Carne dura, extremamente gelatinosa e saborosa. Precisa de um preparo prolongado, de preferência em panela de pressão. Ótima para cozidos, sopas e guisados.

Coxão mole
Carne magra e, apesar do nome, um pouco dura. Fica melhor quando preparada em cozimentos mais longos, como guisados e bife à rolê. Também funciona quando moída.

Fraldinha
Carne muito saborosa e macia. Fica ótima em churrascos (peça inteira) e em preparos rápidos na chapa ou no forno.

Picanha
Localizada na parte superior traseira do boi, é um dos cortes preferido para churrascos. Macia, esta carne é coberta por uma generosa capa de gordura que lhe confere um sabor especial. Durante o preparo, é aconselhável que a picanha não seja perfurada ou cortada, para que todos os seus sucos se mantenham concentrados. Sempre que for usar a churrasqueira elétrica, peça para que o corte não ultrapasse a altura de dois dedos.

E ai, deu para aprender? Decorar é sempre difícil, mas nada como uma ‘pesca’ no celular não ajude na hora de comprar.

Beijos,

Lara

Hamburguer caseiro

24 ago
2015
  Comida de Casa, Dicas, Faça Você Mesmo, Gastronomia, Na Cozinha, Tarefa Dona de Casapor   

Bom dia!!!

Na semana passada fiz um Hamburguer caseiro que apelidei de ‘Hamburguer Reciclado’, isso porque sai aproveitando algumas sobras que estavam dando sopa na geladeira. Adoro fazer isso! Quem me segue no SNAPCHAT acompanhou tudo em tempo real, mas como os vídeos por lá só duram 24h, a receitinha está aqui para ninguém ficar triste. (risos)

image

Ingredientes:

-Pão para hamburguer (usei 2)

-Carne de hamburguer feita com Patinho (encontro dela pronta e já temperada no Espaço da Carne, uma boutique de carnes que fica em Boa Viagem)

-Queijo (pode ser o da sua preferencia)

-Alface e tomate à gosto

-Manteiga Ghee par dourar o pão

Modo de fazer:

Use uma panela que não precise usar nenhum tipo de gordura. Corte os pães ao meio e passe manteiga Ghee em cada banda. Com a panela já aquecida passe cada banda até dourar.

image

image

Depois, na mesma panela passe a carne do hamburguer até que fique bem passada. Demora um pouco, mas fique sempre virando de um lado para o outro. Depois de prontas coloque as fatias do queijo em cima de cada carne e deixe que derreta. Esse processo é bem rápido.

Para a montagem , use a salada na banda de baixo, depois a carne com o queijo derretido. Está pronto o hamburguer. Para decorar, usei batatas ao lado e desenhei um coração com molho teriyaki (tenho sempre em casa, pego nas temakerias que frequento).

Penne fácil de atum

17 ago
2015
  Aprovado pelo Marido, Comida de Casa, Gastronomia, Na Cozinha, Tarefa Dona de Casapor   

Bom dia leitores!

Gostaria primeiro de agradecer o carinho diário de vocês nas redes sociais. Estou super feliz com os meus mais de 15 mil seguidores no Instagram, com o número de visualizações nos vídeos do SnapChat que só aumentam. São muitas mensagens por lá também. Obrigada, de coração!

E falando em SNAPCHAT, onde mostrei um pouco do que foi o almoço de domingo na minha Casa Casada. Uma receita fácil, rápida e que surpreende. O marido repetiu o prato 3 vezes. #passada

image

 

Receita Penne fácil de atum

Ingredientes

-3 xícaras de penne (uso da marca Urbano que é sem glúten)

-1 latinha de atum sólido Gomes da Costa

-1 lata de tomate pelado

-3 colheres de sopa de açúcar demerara ou normal

-1 cebola

-3 dentes grandes de alho

-Meio tomate

-1 colher de sopa cheia de cebolinha picada

-Azeite

-2 azeitonas pretas

-Orégano, queijo ralado à gosto

image

Modo de fazer:

Cozinhe o penne e reserve. Escorra a água que vem na latinha do atum e refogue com metade da cebola e metade do tomate. Use azeite à gosto para isso. Observe que a coloração do atum muda, conforme ele vai ficando bem cozido. Não pare de mexer. Acrescente já no fim a cebolinha picada para apurar ainda mais o sabor. Reserve!

image

 

Agora é a vez do molho. Refogue a outra metade da cebola e os dentes de alho no azeite. Depois acrescente todo o conteúdo da lata do tomate pelado e mexa sem parar. Depois acrescente as colheres de açúcar demerara e continue mexendo sem parar. Experimente se o sabor está levemente adocicado. Se não estiver, acrescente um pouco mais do açúcar. Leve o molho ainda quente mesmo para bater no liquidificador. Se preferir pode usar o ‘mixer’. Depois leve o molho batido de volta para a panela e mexa um pouco mais em fogo médio.

image

 

Montagem do prato:

Faça duas camadas do penne com molho. Depois coloque o atum. Para decorar, uma azeitona no topo, queijo ralado e orégano. Lembrando que você pode fazer todas as etapas bem mais cedo e só na hora de servir esquentar e montar o prato! Super combina para um jantarzinho. Acompanha vinho tinto.

Bom apetite!

Beijos,

Lara

Como montar uma confraria

24 jul
2015
  Dicas, Gastronomia, Ideia do fim de semanapor   

Boa tarde pessoas!

Quem me acompanha aqui no blog, sabe que sou louca por vinhos. E essa paixão é antiga mesmo. É declaradamente a minha bebida favorita e ao longo desse tempo fui adquirindo alguns conhecimentos que vão além do ato de apreciar um rótulo. Hoje sei degustar e falar  dos tipos de uva com mais propriedade e a cada dia aprendo mais sobre harmonização. O marido Bruno passou a gostar tanto quanto eu e acredito que o vinho passou a ser a bebida favorita dele também. Nossos amigos, assim como nós, apreciam esta bebida e termina que nossos encontros são sempre regados a muito vinho. Oba!

Por conta dessa paixão, sempre tive vontade de participar de um confraria. Ouvia falar, conheço muita gente que participa, mas nunca tinha tido essa oportunidade, até que os nossos vizinhos do condomínio em que moramos, resolveram criar uma. E assim aconteceu! Primeiro marcamos uma reunião, claro que nessa reunião teve o nosso querido vinho para acompanhar, e decidimos regras e a logística. O primeiro encontro já aconteceu e por isso vou contar neste post o passo a passo para montar uma confraria. Preparados?! Antes uma foto dos primeiros confrades da Confraria Reserva do Paiva (CRP).

image

COMO ORGANIZAR E MONTAR UM CONFRARIA:

1- Marque uma reunião com um pequeno grupo. 

Nessa reunião serão definidos os seguintes aspectos: local, horário e frequência dos encontros, eleição do presidente, atribuições do presidente, o responsável pela escolha e compra dos rótulos, valor por participante e a quantidade de participantes. Esses aspectos são básicos.

2- O que definimos.

Definimos que nossos encontros aconteceriam uma vez por mês, sempre na segunda quarta-feira de cada mês e às 20h. Optamos pela contratação de 1 garçom e definimos que cada confrade pagaria 100 reais por mês estando ou não na confraria. Ou seja, se ele faltar, terá que pagar da mesma maneira. E esse valor precisa ser pago sempre adiantado para que o presidente consiga organizar o próximo encontro. O presidente pode delegar funções. Por exemplo, se naquele mês ele não puder comprar os queijos, ele pode pedir para um dos confrades. Definimos regras para convidados. Cada confrade pode convidar alguém para um dos nossos encontros, desde que seja comunicado ao grupo com antecedência. O mesmo vale para a chegada de um novo integrante. Tudo precisa ser comunicado e acertado com todos. Um grupo no Whatsapp facilita muito a comunicação!

3-Material para confraria.

É preciso comprar taças, copos, tábuas para servir os queijos e pães e outros petiscos. Todo esse material, incluindo até os materiais para o uso do garçom (bucha, detergente, pano de prato, abridor de vinho…) também precisa ser comprado e integrar o acervo da confraria. A ideia é que não fique pegando uma coisa dali outra coisa de lá. E o acervo precisa ser guardado sempre na casa de um confrade onde o acesso seja o melhor.

4-Escolha dos rótulos.

Em nossa confraria elegemos um confrade, mais experiente e com mais conhecimento para ser o comprador. Porém, ele está sempre pronto para acatar pedidos e sugestões de rótulos dos outros confrades para os próximos encontros. A quantidade de rótulos depende muito da disposição dos participantes. Exemplo: em nosso primeiro encontro consumimos 12 rótulos e estavam presentes 13 confrades.

image

5-O que servir:

Servimos queijos, salames, pães com azeite e outros petiscos. Mas pretendemos profissionalizar ainda mais, contratando em algumas edições um chefe de cozinha para preparar entradas e pratos que harmonizem com os rótulos do mês.

6-Primeiro encontro.

Em nosso primeiro encontro, conversamos sobre vários assuntos e também comentamos sobre os vinhos que degustamos. Porém, nos próximos, vamos focar mais em comentar sobre os rótulos degustados. Os vinhos precisam ser os principais assuntos, porque esse é o sentido da confraria: compartilhar gostos, experiências e conhecimento sobre a bebida. Vale levar artigos, revistas e até novidades que envolvam o nosso motivo maior que é a paixão por vinhos.

7- Mandato do presidente.

Definimos que o mandato do presidente tem validade de 6 meses. Nesse período ele precisa ser o responsável para que tudo aconteça, inclusive cobrar o pagamento dos confrades (risos).

Bem, espero ter ajudado! Ao longo da evolução da Confraria Reserva do Paiva vou compartilhando com vocês outras dicas, principalmente os melhores rótulos!

Beijos,

Lara

Vinho do fim de semana

18 jul
2015
  Dicas, Gastronomia, Usei & Indicopor   

image

 

Bom dia sabadão!

Já está na hora de escolher o vinho do fim de semana né?! E a minha dica é este rótulo custo-benefício MARAVILHOSO. Imaginem que ele custa em média R$30. \o/ \o/ \o/

E não só o preço é bom, mas o sabor também!!!

 

Pudim de leite fácil

16 jul
2015
  Comida de Casa, Gastronomiapor   

Bom dia pessoas…

na semana passada postei no meu SNAPCHAT (Laracasacasada) o pudim de leite que fiz aqui na minha Casa Casada. Dessa vez a calda ficou mais gostosa do que o próprio pudim. Acho que foi o leite com baixa lactose. Mas enfim, ficou gostoso também só não ficou com o sabor da infância.

image

 

Anotem a receita, mas não usem leite sem lactose. (risos)

PUDIM DE LEITE

Ingredientes:

1 lata de leite condensado

2 medidas da lata de leite

3 ovos inteiros

1 1/2 de açúcar cristal para caramelizar a forma de pudim

Modo de fazer:

Primeiro derreta o açúcar em uma panela com meia xícara de água. Não é para mexer. Ele vai derretendo sozinho e forma uma calda. Cuidado só para não queimar. Depois é só caramelizar a forma do pudim. Passar nela toda mesmo. No liquidificador, bata o leite condensado com o leite e os ovos. Essa mistura vai para a forma para cozinhar em banho maria com tampa. Demora em média uns 40 minutos. Depois de frio leve para a geladeira e deixa para desinformar só no outro dia.

Molhos para saladas (parte 1)

14 jul
2015
  Casada & Em Forma, Comida de Casa, Dicas, Gastronomia, Na Cozinhapor   

Bom dia pessoal!

Recebi alguns pedidos no meus Instagram (@laracasacasada) e no meu SnapChat (Laracasacasada), para compartilhar aqui com vocês receitas de molhos para salada! Resolvi dividir em dois posts. Vamos começar hoje com molho de maionese, vinagrete e limão.

MAIONESE

maionese

Ingredientes:

4 gemas, 25 ml de vinagre branco, 10g de mostarda doce, suco de 1/2 limão, sal, 150 ml de azeite de oliva extravirgem e 350 ml de azeite de oliva.

Modo de fazer:

Quebre os ovos separando as gemas das claras. Com um batedor de arame, bata as gemas com o vinagre branco, junte a mostarda à mistura. Depois, adicione o suco de limão. Por fim, acrescente sal e os azeites de oliva em fio, batendo sempre até a maionese obter consistência.

VINAGRETE

vinagrete

Ingredientes:

3 colheres de sopa de vinagre de vinho tinto, 180 ml de azeite de oliva extravirgem, 1/4 de colher de chá de sal e pimenta do reino.

Modo de fazer:

Em uma tigela, junte o vinagre, o azeite de oliva, o sal e a pimenta do reino. Emulsione com o batedor de arame até obter um tempero homogêneo. Pode usar um mixer também.

Atenção: você pode variar o vinagre de vinho tinto por vinagre de vinho branco ou balsâmico.

LIMÃO

limao

Ingredientes:

1 limão, sal, pimenta do reino e 80 ml de azeite de oliva extravirgem

Modo de fazer:

Esprema o limão, depois despeje o suco obtido em uma tigela e comece a bater com o batedor de arame. Coloque o sal, a pimenta do reino e o azeite. Continue batendo até obter um creme homogêneo.

 

Espero que gostem!!!! Aproveito para dizer também: boraaaaa comer salada meu povo!!!

Beijos

Lara

Sugestão de vinho para o fim de semana

11 jul
2015
  Dicas, Gastronomia, Usei & Indicopor   

image

 

Bom dia gente!

Essa é a minha sugestão de vinho para o fim de semana. Não é um rótulo baratinho, sai em torno de R$72, se comprado pelo site do Clube Wine e por menos se você for assinante, que é o meu caso. Não sei ele em lojas físicas.

Sobre esse vinho chileno: “Típico carménère chileno, classificado como meio seco, esse vinho apresenta aromas de especiarias, notas vegetais, frutas negras maduras, toque de chocolate e baunilha. No paladar, apresenta bom corpo, taninos firmes, agradável acidez e delicioso sabor frutado associado às especiarias e notas do envelhecimento em barricas. A Viña Ventisquero, vinícola responsável por esse tinto, escolheu o Vale do Maipo para se instalar por ser uma região com caraterísticas privilegiadas, de clima e solo, capaz de produzir vinhos para mercados altamente exigentes”. (Fonte: Sommelier Wine)

Gostei demais dele! E como vinho sempre combina muito bem com queijos, segue aqui uma super dica para identificar os tipos na tábua de servir:

image

É só riscar usando a pontinha da faca. Legal? Eu ameiiiii

Beijos e aproveitem o fim de semana